O guia completo de marketing digital para hotéis e pousadas

Tempo de leitura: 17 minutos

Propaganda no rádio, distribuição de panfletos, indicações boca a boca. Essas são algumas das maneiras que muitos empreendedores do setor hoteleiro utilizam para atrair novos hóspedes. No entanto, essas práticas já não trazem o retorno esperado e têm alcance restrito. É preciso encontrar novas estratégias.

Está na hora de usar o marketing digital para hotéis e pousadas. Essa modalidade de marketing é um campo de grandes possibilidades, embora ainda seja usado com muita timidez pelo ramo hoteleiro. Esse método é considerado a mina de ouro da era tecnológica e conectada na qual vivemos.

Ficou interessado? Acompanhe este texto e conheça um pouco mais sobre o marketing digital. Descubra o que ele significa, veja os seus benefícios e conheça algumas estratégias essenciais para conquistar novos clientes para o seu hotel ou pousada:

Entenda o que é marketing digital

O marketing é uma área bastante ampla: tanto que você já deve ter ouvido falar de marketing político, esportivo, de guerrilha… Pois então, o marketing digital é mais um termo que entra para a enorme lista de vocabulário sobre o assunto, e isso gera dúvidas quanto ao seu uso e à sua finalidade.

O marketing digital é uma estratégia de promover produtos ou serviços utilizando as mídias digitais. Ou seja, todas as práticas que utilizam a internet.

Basicamente com a popularização da internet, as empresas descobriram que o marketing digital pode ser uma ótima maneira de manter contato com o público e oferecer novos conteúdos e ações. Não é à toa que tanto organizações de pequeno quanto de grande porte utilizam essa modalidade de marketing para os seus negócios.

Mas o que há de bom nesse modelo? Por que, inclusive, as empresas mais convencionais e os novas empreendimentos estão migrando os seus investimento para o marketing digital? É o que você vai saber a seguir:

Conheça os benefícios do marketing digital

Gastar com outdoors e com distribuição de panfletos ou de outras peças gráficas, além de ser ruim para o meio ambiente, traz pouco retorno financeiro. Sobretudo quando comparado com o marketing digital, que é feito on-line e que tornou todo o processo de se comunicar com consumidores mais barato e acessível.

Além disso, o marketing digital é mais prático para avaliar se está sendo bem aplicado. Por meio de ferramentas de mensuração, é possível detalhar com mais precisão a eficiência das estratégias utilizadas. Mas os benefícios não param por aí. A seguir, você conhece outras vantagens:

Fácil comunicação

Geralmente o marketing tradicional permite a comunicação em uma única via. Por exemplo: não é possível tirar as dúvidas sobre um comercial na TV, já que o aparelho televisivo apenas transmite a informação para o telespectador.

Com o marketing digital, por outro lado, a empresa pode se comunicar em tempo real com o cliente. Basta que ele envie as suas dúvidas por e-mail ou pelas redes sociais ou bata um papo por chat no site da organização. Cá entre nós, isso é muito mais prático para o público de interesse, certo?

Maior alcance

Seria muito difícil aquele flyer impresso sobre um produto ou um serviço da sua empresa chegar até as mãos de um consumidor em outro estado ou em outro país — a não são ser que você pague para enviar o material e contrate alguém para fazer a distribuição, é claro. No entanto, isso não vai sair nada barato, concorda?

Já com o marketing digital, o seu produto ou o seu serviço estará disponível na web 24 horas por dia, 7 dias por semana. Assim, ele pode ser visto por qualquer pessoa que esteja conectando à internet. E, como o acesso é gratuito, o cliente poderá ter informações e até mesmo fazer o seu pedido ou a sua reserva sem deixar o conforto da sua casa.

Público-alvo preciso

O marketing digital permite que a sua empresa reúna dados sobre o seu público consumidor, como:

  • o horário que o usuário acessa o seu site;
  • os comentários que o seu perfil no Facebook recebe;
  • e muitas mais possibilidades advindas de rastros de como o seu potencial cliente se comporta.

Assim, vai ser mais fácil identificar o seu público-alvo e pensar em estratégias mais certeiras, fazendo com que o seu investimento em marketing digital não seja jogado fora.

Captação de dados

Você sabia que é possível obter dados do cliente quando ele interage com o site ou com a rede social da sua empresa? Sim, a maneira como o consumidor se relaciona com a ação de marketing digital é disponibilizada para você.

Você pode identificar o gênero, a idade e até mesmo de onde o seu público tem feito o acesso. Essas informações são cruciais para entender o perfil do seu potencial consumidor e, com isso, elaborar ações mais eficazes.

A vantagem da utilização de dados é que economiza tempo e dinheiro, pois não terá que criar campanhas baseadas em “achismos” ou em informações sem fundamentos sólidos. Com os dados corretos, você se comunica eficientemente com o seu público.

Monitoramento instantâneo

Imagine que você lançou uma campanha para atrair mais hóspedes durante o verão. No entanto, houve uma mudança no tempo (que agora só conta com chuvas nas previsões), e a temporada não vai bombar tanto quanto se esperava. O que fazer para adaptar ou para cancelar a campanha?

Bom, quando se trata de marketing tradicional, isso pode ser bastante burocrático. Afinal, não tem como você mandar apagar um anúncio no jornal que já foi impresso, concorda? Mas, para o marketing digital, não há muito problema. Isso porque nessa modalidade tudo pode ser monitorado em tempo real.

Assim que se identifica um problema, os profissionais do marketing mudam os rumos da campanha. Com ferramentas on-line, é possível readaptar as ações de marketing para atender às demandas do cliente naquele momento.

Esse processo ajuda a evitar desperdício de dinheiro em campanhas de divulgação, além de contribuir com os resultados esperados com mais agilidade e precisão.

Fortes interações

Já pensou em convidar, pelo Twitter, um cliente para passar o fim de semana na sua pousada? E sortear aquela hospedagem a 2 para os seus seguidores no Instagram? Com o marketing digital, tudo isso e muito mais é permitido.

Atualmente, as pessoas gostam de usar os seus perfis na internet para encontrar novas possibilidades de lazer. E quanto mais a empresa interage com o seu público, maiores são as possibilidades de fidelização e de fechar novos negócios.

Aprenda a aplicar o marketing digital

Muitos empreendedores enxergam o marketing digital como algo bastante complicado, já que trabalhar na internet aparenta demandar alto conhecimento técnico. Na verdade, não é bem assim: o marketing digital pode ser aplicado em estratégias simples, e é possível conquistar clientes com apenas algumas ações.

Se o seu ramo de trabalho é hotelaria, então conheça algumas dicas para aplicar o marketing digital:

Publique vídeos do seu hotel ou da sua pousada

Atualmente, o YouTube é uma das redes sociais mais usadas pelas pessoas na internet. Não é à toa que o fenômeno dos youtubers (pessoas que produzem conteúdo para esse canal) têm feito tanto sucesso.

De fato, o YouTube pode ser uma ótima ferramenta de marketing digital. Por exemplo: você pode criar um perfil do seu hotel ou da sua pousada. Grave um vídeo ou contrate uma produtora para mostrar as instalações do seu estabelecimento, apresentando os quartos, as opções de lazer e a mesa de café da manhã. Depois, é só editar os vídeos e postar na rede social.

Aproveite para gravar vídeos com os hóspedes. Convide alguém para comentar e falar sobre a experiência de hospedar no seu hotel ou na sua pousada. É uma maneira das pessoas se identificarem e constatarem o que outras indivíduos acham do lugar.

Crie um site e divulgue conteúdo nele

Para uma empresa ser mais conhecida por pessoas — inclusive de outros lugares —, a criação de um site é uma solução adequada. É que ele funciona como uma vitrine do empreendimento e uma tática poderosa dentro do campo do marketing digital.

Nesse local hospedado na web, podem ser disponibilizadas informações de como o negócio funciona e quais são as vantagens e as formas de contato, por exemplo. E o melhor é que você pode acrescentar quantas informações quiser e desfrutar das inúmeras funcionalidades presentes nesse tipo de plataforma on-line.

Uma estratégia interessante para o ramo de hotelaria é disponibilizar conteúdo, ou seja, publicar artigos sobre assuntos de interesse do seu público-alvo. Deve-se prezar por temas relevantes, de qualidade e que de fato vão envolver o cliente.

Por exemplo: você pode escrever sobre a região onde se localiza o seu empreendimento hoteleiro. Destaque a cultura local e os melhores lugares para fazer passeios. Também leve em consideração disponibilizar outro idioma no site, pois turistas estrangeiros podem se interessar pelo hotel ou pela pousada com informações traduzidas para o inglês.

Outra estratégia que pode ser utilizada é a captação de informações sobre o público. Existem ferramentas que conseguem monitorar o comportamento do usuário quando ele navega pelo seu site. Isso ajuda a identificar o assunto ou os campos da plataforma que mais chamaram a atenção do usuário.

Um exemplo de ferramenta desse tipo é o Google Analytics, o recurso mais utilizado para fazer análise de sites. Apesar de não mostrar os pontos exatos onde o usuário clicou, ele apresenta um mapa de calor o qual é possível verificar essas regiões. E também existe a possibilidade de saber até onde a barra de rolagem do mouse percorreu pela página. Incrível, não é mesmo? Então, aproveite isso para o site do seu empreendimento.

Envie e-mail para clientes em datas comemorativas

Provavelmente, no seu empreendimento hoteleiro, você deve ter um banco de dados com o e-mail dos clientes ou uma newsletter, certo? Então chegou a hora de você aproveitar esses contatos e articular uma nova estratégia de marketing digital.

Aproveite datas comemorativas para enviar conteúdo para esses contatos. Por exemplo: no aniversário de algum cliente, envie uma bela mensagem e convide-o para visitar o hotel ou a pousada. Elabore frases curtas e com um layout convidativo. Textos muito grandes geralmente não são lidos por completo.

Também pegue carona nas datas festivas para promover os espaços do seu empreendimento hoteleiro. Se você costuma alugá-lo para festas e eventos, não deixe de sugerir isso aos seus contatos de e-mail. Muitas pessoas procuram lugares para celebrar aniversários, casamentos e outras ocasiões. Mostre que o seu empreendimento também está à disposição para isso.

Faça o envio desses e-mails com uma certa periodicidade. Assim, os seus clientes vão se lembrar do hotel ou da pousada, retornar ao lugar ou indicá-lo para amigos. Sempre há alguém querendo opções para viajar e passear.

Veja as tendências de marketing digital para a hotelaria

Agora que você já está mais familiarizado com o marketing digital, chegou o momento de conhecer as tendências nesse setor. Os sites e as estratégias por e-mail são realmente válidas, no entanto, o ramo de hotelaria pode desfrutar de outras iniciativas. A seguir, você descobre algumas delas:

Mídias sociais

O Brasil está em 2º lugar na lista dos 10 países que mais usam o Facebook. São aproximadamente 65 milhões de usuários que curtem e compartilham as suas experiências nessa plataforma.

O setor hoteleiro não pode deixar essa oportunidade passar. Isso porque, nas redes sociais, com tanta gente interagindo, é possível obter a notoriedade do estabelecimento. Um cliente satisfeito depois de se hospedar em uma pousada, por exemplo, gosta de postar fotos e fazer comentários positivos sobre esse lugar.

Isso faz com que outras pessoas vejam as postagens e se sintam interessadas em se hospedar. Ou seja, as interações positivas nas redes sociais reforçam a imagem do negócio hoteleiro, construindo uma credibilidade tanto dentro quanto fora da internet.

Outro detalhe é que as redes sociais podem melhorar o relacionamento com os clientes. Por meio dos chats e dos comentários, a empresa hoteleira pode tirar dúvidas e dar sugestões aos seus usuários. Esse é serviço prático, gratuito e bastante eficaz.

Uma outra iniciativa interessante é utilizar as redes sociais para divulgar o material do site ou do blog. Sabe aquele texto no seu site que fala sobre as belezas naturais que existem ao redor do seu hotel? Você pode fazer uma chamada no Facebook, por exemplo, convidando os seus seguidores para lê-lo.

Dessa forma, você aumenta o fluxo do seu site ou do seu blog e, com isso, incrementa as chances de fazer reservas ou de receber visitas. Com conteúdos atraentes nas redes sociais, as pessoas sempre vão gostar de acompanhar as postagens e, possivelmente, fechar mais negócios.

Realidade virtual

Se você achava que realidade virtual era só coisa de cinema 3D ou videogame, trate de ampliar a sua bagagem de referências. Isso porque a realidade virtual aplicada a empreendimentos hoteleiros é uma tendência que veio para ficar e crescer.

Já imaginou se o seu cliente pudesse visitar o seu hotel ou a sua pousada sem sair de casa? Essa é a possibilidade do tour virtual, uma ferramenta que utiliza fotos em 360 graus. Ela dá uma visão panorâmica do espaço e pode ser oferecida no site ou na rede social da sua empresa.

Para dar esse efeito, as fotos registram todas as dimensões do ambiente, em uma sequência especial e com alta qualidade, e assim o cliente pode reparar nos detalhes do local e ter uma sensação de imersão. Tudo isso sem usar óculos 3D, pois o acesso pode ser feito em qualquer lugar, inclusive por um celular ou por um tablet.

Quem acreditou nessa ferramenta e se deu bem com isso foi o hotel Holiday Inn. Esse estabelecimento disponibilizou um tour virtual em um quarto. É possível caminhar virtualmente pelo espaço reparando na decoração e ter uma ideia do quão confortável é o quarto.

Que tal aproveitar o restaurante do hotel ou da pousada para oferecer fotos em 360 graus? É o que fez o restaurante Marcel no Hotel Holiday Inn de Fortaleza. Concedeu um passeio virtual do espaço, no qual dá para acompanhar a entrada do local, a parte interna e até os detalhes da decoração e ambiente.

Oferecendo o serviço de tour virtual, é possível que mais pessoas conheçam o seu hotel ou a sua pousada, pois tudo estará na internet. Além do mais, esse tipo de ferramenta inovadora ajuda a construir uma imagem positiva do seu negócio, porque demonstra que você procura as maneiras mais atualizadas de oferecer uma boa experiência aos clientes.

Sites para mídias móveis

Usar a tela do computador já não é a única fonte para acessar internet. Com a sofisticação e a popularização dos aparelhos móveis, smartphones e tablets se tornaram importantes meios de contato com a web. É o que apontou pesquisa do Google, cujos dados indicam que o acesso de mobile no Brasil cresceu 112%.

No entanto, você pode pensar que ter um site do seu hotel ou pousada já é suficiente para o acesso em mídias móveis. Não é tão simples assim. Na verdade, a sua plataforma precisa ser um site responsivo, isto é, deve apresentar uma estrutura e um layout que se adaptam automaticamente a um celular ou a um tablet, por exemplo.

Alguns sites, quando acessados por smartphones, têm formatação ruim. Isso é extremamente danoso para uma estratégia de marketing. Afinal, quem vai ter interesse por um produto ou por um serviço se o seu site não é convidativo para ler?

Outro detalhe é que o Google, desde de 2015, já tem dado melhor classificação e o posicionamento para sites responsivos. Em outras palavras, se o site da sua pousada ou do seu hotel não atende a esse critério, dificilmente ele estará entre os primeiros colocados nos resultados de buscas.

Sendo assim, é preciso investir em um site responsivo para as mídias móveis. Afinal de contas, sempre vai ter alguém usando um celular para localizar uma pousada próximo de onde estiver.

SAC 2.0

Alguns clientes podem não gostar de algumas coisas que surgiram durante a hospedagem em um hotel ou em uma pousada. Muitas vezes se tratam de erros naturais de acontecer ou não foram culpa exclusiva do empreendimento hoteleiro.

De qualquer forma, esses clientes vão para a internet fazer um estardalhaço. Antes mesmo de buscar soluções com o hotel ou com a pousada, eles falam para os 4 cantos do mundo sobre a sua aflição. De fato, isso gera um desgaste para o negócio hoteleiro.

Uma saída bastante interessante para se precaver nesse tipo de situação é adotar o SAC 2.0. Essa é mais uma tendência do marketing digital, que trabalha ativamente na internet para antecipar e identificar reclamações sobre a empresa.

Esse canal pode monitorar o que acontece nas mídias sociais e também nos fóruns relacionados ao ramo de atuação. A empresa observa o que é dito sobre ela e se posiciona para evitar que um problema pontual ganhe grandes proporções.

Também é possível fazer pesquisas de satisfação por meio de questionário on-line. As empresas podem convidar clientes para responder sobre o nível de credibilidade da marca e a qualidade do atendimento e, inclusive, solicitar sugestões. Isso ajuda a melhorar o relacionamento com os consumidores.

Como todas as modalidades de marketing digital, o SAC 2.0 deve ser bem planejado. É preciso definir um cronograma de monitoramento efetivo na rede, além de utilizar uma linguagem em sintonia com o cliente no caso de resolução de conflitos. Aplicando o SAC 2.0, a prevenção de problemas está otimizada.

Comece agora mesmo

Como você pôde perceber, o marketing digital para hotéis e pousadas é uma oportunidade bastante interessante. Com as dicas que você conheceu, já é possível começar a aplicar algumas táticas.

Por exemplo: verifique a qualidade das fotos do seu negócio. Se elas não estiverem com boa resolução, prefira substituí-las por fotos profissionais. Contrate alguém experiente para fazer as imagens com um bom ângulo e que realce as características do seu empreendimento. Afinal, uma foto profissional consegue chamar mais atenção de futuros clientes e fortalecer a marca.

Você gostou dessas informações sobre marketing digital? Então faça com que os seus colegas empreendedores também saibam de todos esses segredos. Compartilhe este post nas suas redes sociais!

Deixe uma resposta