Tudo que você precisa saber sobre fotos em 360

Tempo de leitura: 16 minutos

Apresentar um produto, explicar uma promoção, mostrar um ponto turístico ou descrever um acontecimento histórico ou cultural nem sempre é tarefa fácil. Às vezes, os detalhes são tantos ― e fazem muita diferença para quem quer se destacar, certo? ― que somente palavras não são o suficiente para fazer seu público entender, assim de bate-pronto, o que você quer comunicar.

É nesses momentos que o ditado “uma imagem vale mais que mil palavras” vem bem a calhar. Mas já imaginou se uma única imagem mostrar não só um, mas vários ângulos, ampliando assim seu alcance e potencial de comunicação? Isso já é possível graças às fotos em 360º.

Essa tecnologia tem ganhado espaço em vários mercados, pois, por meio de uma experiência de realidade virtual relativamente acessível, proporciona uma série de benefícios para diversos tipos de negócios, entre eles o incremento nas vendas, a conversão e a fidelização de clientes e um relacionamento mais próximo com seu público.

No post de hoje vamos falar um pouco mais sobre esses benefícios e mostrar alguns cases de sucesso de empresas que utilizaram as fotos em 360º, para que você tenha um norte a respeito de como começar a explorar esta ferramenta. Vamos lá?

O que são fotos em 360 ?

Uma foto em 360º, também chamada de fotografia panorâmica imersiva, é formada a partir da junção de várias imagens de um ambiente feitas de um mesmo ponto, dando a impressão de que o espectador está imerso no local fotografado. Quando as fotos são compartilhadas em um site ou rede social, você pode visualizar todos os ângulos do ambiente ou do objeto fotografado movendo o mouse do computador ou o dedo, caso esteja acessando a imagem por meio de um dispositivo touchscreen.

Antes, nas fotografias tradicionais horizontalizadas, a imagem era um recorte do que se queria mostrar. Agora, os horizontes fotografados não têm limites, não terminam na margem da foto, que pode representar também o teto e o chão, o céu e a terra, diversos ângulos. É a tecnologia a serviço de uma experiência imersiva de realidade virtual.

A primeira câmera fotográfica de imagens em 360º foi inventada pelo brasileiro Sebastião Carvalho Leme. Isso mesmo! A ideia para a criação do dispositivo, que registrava em um único negativo uma imagem que abrangia todos os ângulos e foi patenteado em 1962, surgiu após um experimento do fotógrafo ao registrar três prédios de três esquinas diferentes do município paulista de Marília, a partir do disparo de dez imagens.

Sebastião Carvalho Leme, o inventor da camera 360º

De lá pra cá, novas tecnologias foram sendo lançadas, tornando a fotografia 360º cada vez mais acessível e promissora. Nesse sentido, o surgimento de câmeras digitais e das fotos panorâmicas foi fundamental, já que com a fotografia feita em película seria impossível construir uma imagem fotográfica esférica, com mais de um ângulo.

Graças também à internet, os registros em 360º e os tours virtuais ― que, em termos gerais, são formados pela junção de várias fotos em 360º de vários ambientes ― passaram a ser conhecidos por meio de sites repletos de galerias de museus e pontos turísticos do mundo todo. Até que em 2007 foi lançado o Google Street View, página em que é possível explorar praticamente todo o globo como se você estivesse, de fato, no local. Com certeza você já passeou por aí por meio da ferramenta.

Em termos gerais, a imagem em 360º é feita com uma câmera que tem um ângulo maior de visão e com a ajuda de um equipamento giratório, que captura dezenas a centenas de imagens em ângulos diferentes. Mas hoje já há algumas soluções em aplicativos e sites que permitem a produção dessas imagens, sem a necessidade de câmeras específicas.

Dessa forma, as fotografias em 360º se apresentam por meio de uma imagem esférica, muito diferente da fotografia tradicional físico-química, mas permitem ao espectador outra relação de leitura do que foi registrado e também uma espécie de interatividade e imersão, por meio da apresentação de vários ângulos e da simulação de movimentos.

Fotos em 360º: tendência ou moda?

De 2010 pra cá, várias empresas lançaram novas tecnologias que facilitaram a produção dessa linguagem fotográfica com imagens em multiângulos. As câmeras dos smartphones ficaram mais potentes, surgiram aplicativos para a produção de fotos em 360º e plataformas de compartilhamento de vídeos passaram a contar com essa possibilidade também.

Uma das iniciativas que contribuiu bastante para esse movimento ― principalmente para empresas e profissionais que trabalham com produção de conteúdo e monitoramento de redes sociais ― foi a chegada das postagens de fotos em 360º no Facebook, o que já é possível desde junho de 2016. De que jeito estas postagens podem ser feitas? Muito simples: basta você publicar uma foto panorâmica ― mesmo as feitas com smartphones ― ou em 360º e convertê-la para divulgação em 360º. Tudo isso free, na faixa, a custo zero.

Com tanta facilidade, pode até parecer que as fotos em 360º viraram mais uma moda das redes sociais, porém, quem está apostando nessa tecnologia de forma profissional já está colhendo frutos para seu negócio.

Por que investir em fotos em 360º?

De fato, a tecnologia aplicada nas fotos em 360º não se trata de moda ou de uma linguagem passageira, mas sim de uma forma excelente de se comunicar com seu público, pois une experiência imersiva, interatividade e o fator novidade, entre outras vantagens. Conheça alguns dos benefícios dessa tendência:

Para proporcionar experiências diferentes

Ao interagir com uma foto em 360º, um dos objetivos é dar a impressão de que o usuário está por trás da câmera, e isso faz muita diferença na percepção da mensagem e na experiência proposta ao público. Imagine passear por um ambiente decorado e visualizar todos os mínimos detalhes da decoração, tendo uma noção maior do espaço disponível no local sem ter de marcar uma visita com o corretor. Isso interfere positivamente na tomada de decisão de quem está em busca de um novo imóvel.

A mesma experiência ― mais lúdica e dinâmica ― serve para quem está programando suas próximas férias. Com a tecnologia de fotos em 360º, já é possível viajar sem sair de casa, instigando a curiosidade dos turistas, mostrando em diversos ângulos os lençóis maranhenses, praias paradisíacas como Fernando de Noronha ou pontos turísticos das principais capitais do Brasil e do mundo.

Para hotéis, hostels e pousadas, as fotos em 360º também podem proporcionar uma experiência imersiva aos viajantes em suas próprias instalações, colocando à disposição as imagens de diversos ângulos dos quartos, espaços para eventos, piscina e locais de lazer. Isso também é decisório para quem está à procura de um local para se hospedar. Esse apelo visual, com certeza, vai atrair possíveis clientes ao seu negócio.

Para agregar valor ao produto

Lá no início do post, falamos das dificuldades que podem surgir na hora de explicar o funcionamento de um produto ou seus detalhes, certo? Pois com os recursos de rotação das fotos 360º, isso cai por terra.

Em um negócio online, imagens sempre exerceram papel importante na hora de divulgar produtos e na decisão de compra do consumidor, porém, de acordo com pesquisa encomendada pela SpinMe, empresa do Reino Unido especializada em soluções 360º e 3D, 43% dos varejistas britânicos acreditam que esse tipo de imagens pode incrementar as vendas de um e-commerce.

Isso porque quem compra pela internet poderá verificar detalhes do produto de todos os ângulos, o que impacta direta e positivamente a taxa de conversão, já que o cliente saberá exatamente o que está comprando. Isso também reduz o número de troca ou devolução de produtos.

Outro dado importante mostrado em um estudo do e-commerce Zagg é que a taxa de conversão de anúncios com imagens em 360º aumenta em 40% em comparação a anúncios com fotos estáticas. Os dados demonstram que fotos em 360º permitem que o consumidor ultrapasse a barreira do virtual para o real, fazendo com que ele se sinta mais seguro em comprar. Ganha o dono do negócio, que fideliza e converte mais clientes, e ganha também o consumidor, pela satisfação de adquirir um produto que realmente precisa e atenda aos seus desejos.

Para aumentar a confiança no seu negócio

Há empresas que investem em fotos em 360º para mostrar suas instalações e, dessa forma, ganhar a confiança de clientes em potencial. Hoje em dia é muito comum alguém chegar até o seu negócio por meio de um buscador na internet, sem ter qualquer referência a respeito do seu histórico ou da qualidade dos produtos ou dos serviços prestados.

Apresentar, por meio das fotos em 360º, os setores da sua empresa é bacana não só para mostrar que ela existe de fato ou contar sua história de uma forma diferente, por meio de uma imersão virtual na sede da corporação, mas também para se aproximar deste cliente curioso e destacar a seriedade do seu negócio.

Segundo informações do Google Street View, pessoas que visualizam tours virtuais feitos a partir de fotos em 360º têm duas vezes mais chances de mostrar interesse pela empresa.

Gráfico com 3 tipos de perfis, apenas o básico, com fotos e com fotos e tour virtual. O último chega a ser 2X mais atrativo.
Os tours virtuais ajudam a duplicar o interesse da ficha das empresas no Google

Mais uma razão para você fazer dessa nova tecnologia o cartão de visitas do seu negócio de forma elegante e moderna.

Para melhorar seu ranqueamento

Utilizando a tecnologia de imagens imersivas, você pode integrar as fotos em 360º da sua empresa aos mapas do Street View. Essa integração ajuda a aumentar a relevância do seu site no buscador, uma vez que as fotos em 360º representam um dos parâmetros utilizados pelo Google para ranquear os sites nas buscas.

Ou seja, além de aumentar a confiança da sua empresa com o usuário, você também otimiza seu site para melhorar o posicionamento nos resultados orgânicos das pesquisas do Google, o que contribui para o aumento no número de visitas da sua página.

Para propagar sua marca

Aproveitar o apelo visual das fotos em 360º pode ser muito bacana para divulgar e espalhar sua marca pela internet. Esse tipo de conteúdo, além de ser convidativo, é muito fácil de ser compartilhado e, com o fator novidade, a probabilidade dos usuários republicarem suas fotos em suas timelines aumenta bastante.

É só preparar um post mostrando detalhes de seus produtos, um teaser com imagens de um pré-lançamento, ou ainda um trechinho de um evento que esteja acontecendo no seu negócio, para que o público se sinta parte do acontecimento, mesmo sem estar no local. Procure sempre mostrar novidades ou postagens diferentes daquilo que seu público está acostumado a ver. Dessa forma, os usuários sempre serão instigados a compartilhar suas postagens.

Quem já usou fotos em 360º em seu negócio?

O uso das fotos em 360º de fato é muito amplo. Fizemos um apanhado de algumas empresas que já utilizaram o recurso para você ter uma ideia de todas as possibilidades e benefícios. Olha só!

Exército da Salvação

Com o objetivo de nos lembrar que a pobreza nem sempre é tão simples de se ver, no fim do ano de 2016 o Exército da Salvação publicou posts com imagens em 360º no Facebook para mostrar que pessoas pobres não estão apenas nas ruas.

Nas postagens, a princípio, o que se via era um cartão-postal de uma família feliz, porém, a partir do momento em que o usuário interagia com a foto, ele via o outro lado, ou melhor, os outros ângulos da realidade daquelas famílias: ambientes humildes, sem qualquer luxo, e pessoas que precisam de ajuda (ainda mais no Natal).

Com isso, a intenção do Exército da Salvação foi engajar mais usuários a fazer doações e também a compartilhar na rede social as postagens, angariando assim mais recursos para a entidade em benefício das famílias carentes.

Olimpíadas

Já faz um tempo que o Comitê Olímpico Internacional lança mão das tecnologias para captar imagens e registrar os resultados das provas com uma acurácia cada vez maior. Desde as Olimpíadas de Londres, em 2012, a empresa Getty Image tem investido nas imagens em 360º.

Nos últimos Jogos, disputados no Rio de Janeiro em 2016, 40 fotógrafos da empresa utilizaram equipamentos fotográficos em 360º para registrar os melhores ângulos das 306 provas, bem como o desempenho dos atletas.

O resultado foi uma imersão no evento esportivo jamais visto. O objetivo da ação foi oferecer um novo tipo de conteúdo fotográfico para os patrocinadores do Rio 2016, incrementar ainda mais o conteúdo editorial oferecido a empresas jornalísticas e proporcionar uma experiência imersiva no evento, para que mesmo quem não estivesse lá pudesse sentir as mesmas emoções do público nas arquibancadas.

Bonnie Burrito

O Bonnie Burrito, restaurante mexicano instalado na Escócia, além de uma unidade fixa, também atende por várias ruas de Edimburgo por meio de um trailer. Utilizando fotos em 360º publicadas em sua página no Facebook, o restaurante informa seus clientes onde o trailer está no momento da postagem.

O diferencial, nesse caso, é que a foto em vários ângulos mostra referências e pontos conhecidos das proximidades, o que facilita muito o público a encontrar a localização do trailer. Mais do que gerar um apelo visual para a sua marca, é possível também transmitir informações relevantes do negócio por meio dessa tecnologia.

Google Expeditions

O Google Expeditions é uma ferramenta de realidade virtual voltada para a educação, que permite a professores e alunos fazer expedições científicas, viagens históricas e passeios culturais para qualquer lugar do mundo. É possível até mesmo ir à Lua.

 

Com esta ferramenta, acessada por meio de um aplicativo e o Google Cardboard (óculos feitos de papelão responsáveis pela imersão dos usuários na realidade virtual), os estudantes fazem viagens de campo diretamente da sala de aula. Já o professor atua como um “guia” para liderar grupos de exploradores utilizando coleções de fotos em 360º e 3D.

Air France

Se há um ramo de negócio que depende muito da confiança dos consumidores para prosperar é o mercado de companhias aéreas. Em 2015, a Air France colocou à disposição na internet imagens em 360º para que os passageiros pudessem conhecer o interior de alguns modelos de aeronaves antes mesmo de embarcar.

As fotos mostravam os diferenciais das aeronaves em relação a outras empresas, e também do serviço de bordo de cada classe, o que serviu como diferencial para a tomada de decisão dos viajantes. Além disso, era possível verificar itens de segurança e de conforto dos aviões. Vale destacar que a transparência na divulgação desse tipo de informação aumenta o nível de confiança do público em relação ao serviço prestado pela marca.

Pizza 20

A pizzaria paquistanesa Pizza 20 utilizou o recurso do Facebook de publicação de fotos em 360º para realizar uma promoção entre seus clientes em agosto de 2016. Na ação, os clientes eram convidados a tirar uma foto em 360º ou panorâmica a partir de um dos pontos da pizzaria e publicar na rede social com a tag #360Pizza20. As três melhores imagens ganharam uma pizza.

A promoção é um ótimo exemplo de como utilizar as imagens multiângulos para divulgar sua empresa pode aumentar a presença da marca nas redes sociais, divulgar a sede do negócio e ainda fazer com que a marca se relacione com seu público de maneira diferente, tudo isso sem custo.

Take a Look

O site Take a Look coloca à disposição na internet tours interativos com fotos em 360º de diversos pontos turísticos do Rio de Janeiro, como museus, áreas esportivas e de recreação, praias, entre outros. Ao todo, são mais de 130 pontos de interesse público. Há, inclusive, destinos bem famosos, como o Cristo Redentor, porém com imagens que mostram ângulos novos de cada local.

Além de fazer um giro em cada ponto de interesse, é possível aproximar as imagens, feitas em altíssima resolução, em até 40 vezes, para que o turista possa ver cada detalhe das fotos. E também há a possibilidade de ver os locais com imagens feitas tanto de dia, quando no período da noite.

O projeto, ainda incipiente, mas que pretende retratar cidades de todo o mundo, tem a pretensão de dar informações não somente a respeito da história dos pontos turísticos, mas ainda dados sobre as condições do mar para surfistas, mostrar agendas de shows e outras informações que possam ser atreladas às imagens.

Em resumo, a tecnologia das imagens em 360º está abrindo outras oportunidades e propostas para a divulgação de informações turísticas. Esse novo mercado é bem promissor.

Agora que você já conhece todos estes cases, deu para ter uma ideia dos muitos serviços e diferenciais que as fotos em 360º oferecem para o crescimento do seu negócio, certo? Utilizar essa ferramenta representa um diferencial competitivo muito importante, principalmente para quem atua em segmentos em que o apelo visual é fundamental, como nos mercados imobiliário e de turismo.

Como as possibilidades realmente são muitas, para saber mais sobre a tecnologia das fotos em 360º e ver como ela pode ser utilizada pela sua empresa, é só entrar em contato com a gente e solicitar uma proposta!

Deixe uma resposta